SN Liturgia publica «Rito de Entrada do Novo Pároco» | Diocese Bragança-Miranda

O Secretariado Nacional da Liturgia, da Conferência Episcopal Portuguesa, publicou o livro ‘Rito de entrada do novo pároco’ que pretende “ser um contributo para a ação pastoral litúrgica em Portugal”, num período de tomadas de posse nas dioceses.

“Responde-se a uma necessidade sentida em muitas comunidades cristãs, para poderem celebrar dignamente a entrada e apresentação do novo pároco, com a presença do bispo ou seu delegado”, explica o presidente da Comissão Episcopal da Liturgia e Espiritualidade, D. José Cordeiro.

Na nota enviada à Agência ECCLESIA, pelo Secretariado Nacional da Liturgia, o bispo de Bragança-Miranda indica que as propostas do ‘Rito de entrada do novo pároco’ resultam das indicações do “Cerimonial dos Bispos, de algumas Conferências Episcopais” e das “várias sugestões” de muitos párocos e serviços diocesanos da Pastoral Litúrgica.

A nova publicação procura “ser um contributo para a ação pastoral litúrgica em Portugal” quando nas dioceses já começaram as celebrações de tomada de posse dos novos párocos que começam as novas funções pastorais neste mês de setembro.

“Nos inícios, a Igreja edificou-se à volta da Cátedra do bispo. Com a expansão das comunidades multiplicaram-se as dioceses. Quando o cristianismo se difundiu nas aldeias, aquelas porções do povo de Deus foram confiadas aos presbíteros. A Igreja pode assim aproximar-se das casas das pessoas, sem quebrar a unidade da diocese à volta do bispo e do único presbitério com ele”, contextualiza D. José Cordeiro, na apresentação do ‘Rito de entrada do novo pároco’.

Texto: Carlos Borges e Octávio Carmo/Agência Ecclesia.