Pe. Fernando Fontoura nomeado Diretor da Casa do Gaiato de Setúbal | Diocese Bragança-Miranda

O Padre Fernando Licínio Alves Fontoura, da Diocese de Bragança-Miranda, é o novo diretor da Casa do Gaiato de Setúbal.

A nomeação foi proposta pelo diretor nacional da Obra da Rua, Padre Júlio Pereira, e confirmada por D. José Ornelas. O sacerdote já se encontra a colaborar na Casa de Setúbal.

No decreto de confirmação, o Bispo de Setúbal pede a bênção do Senhor para que Padre Fernando Fontoura seja “apóstolo das crianças e jovens, segundo o exemplo e a tradição do Pe. Américo, com olhar atento e coração sensível aos problemas, desafios e esperanças que eles encontram nos nossos dias”.

Ao Padre Acílio da Cruz Fernandes, antigo diretor da instituição da Obra da Rua, em Setúbal, D. José Ornelas exprime “o mais merecido apreço e profunda gratidão pela ação social e apostólica realizada” e “pela inestimável obra de promoção humana e evangélica”.

A Obra da Rua, ou Obra do Padre Américo, mais conhecida como Casa do Gaiato é instituição caritativa da Igreja Católica, reconhecida como uma Instituição Particular de Solidariedade Social, fundada em 1940 pelo Padre Américo Monteiro de Aguiar com o objetivo de acolher, educar e integrar na sociedade crianças e jovens que, por qualquer motivo, se viram privados de meio familiar normal. A Casa do Gaiato de Setúbal foi fundada em 1955.

 

Confirmação de Nomeação

José Ornelas Carvalho, Bispo de Setúbal, aceitando a proposta do Diretor Geral da “Obra da Rua” ou “Obra do Padre Américo”,

Confirma a nomeação do Pe. Fernando Licínio Alves Fontoura,
como Diretor da Casa do Gaiato de Setúbal.

Que o Senhor abençoe a missão deste sacerdote, dedicado à Obra da Rua na Diocese de Setúbal, e faça dele um apóstolo das crianças e jovens, segundo o exemplo e a tradição do Pe. Américo, com olhar atento e coração sensível aos problemas, desafios e esperanças que eles encontram nos nossos dias.

Nesta ocasião, exprime também o mais merecido apreço e profunda gratidão pela ação social e apostólica realizada pelo Pe. Acílio da Cruz Fernandes, pela inestimável obra de promoção humana e evangélica mão estendida aos mais carenciados da sociedade, nesta península de Setúbal. A memória do seu serviço aos mais pobres continuará viva na Diocese de Setúbal, que ele acompanhou deste a sua criação e à qual dedicou a maior parte da sua vida.

Setúbal, Cúria Diocesana, 26 de outubro de 2020

D. José Ornelas Carvalho, Bispo de Setúbal

Padre Horácio Noronha, Chanceler da Cúria

---------------

Texto: João Marques/Diocese de Setúbal

Fotografia: Bruno Luís Rodrigues/Diocese de Bragança-Miranda