Ordenação de 5 diáconos permanentes - 26 de novembro | Diocese Bragança-Miranda

A Diocese de Bragança-Miranda vai encerrar o Ano Pastoral Mariano no próximo dia 26 de novembro, Domingo da Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, com a ordenação de 5 diáconos permanentes.

A celebração terá lugar na Catedral, em Bragança, às 18h00, e será presidida por D. José Cordeiro.

Após 5 anos de formação, através do IDEP - Instituto Diocesano de Estudos Pastorais, Amílcar Pires (Unidade Pastoral Santa Maria do Sabor), Henrique Fernandes (Unidade Pastoral Santa Maria do Sabor), Joaquim Queirós (Unidade Pastoral de S. Bento), José Fernandes (Unidade Pastoral de S. Bento) e José Fonseca (Unidade Pastoral de Ansiães), foram admitidos às Ordens Sacras, no passado domingo, dia 12 de novembro.

São casados e têm tido um papel ativo nas ações pastorais da Igreja Diocesana, sobretudo através das suas Unidades Pastorais, movimentos e secretariados.

 

Diaconado permanente

Um diácono permanente (casado ou celibatário) é o ministro de Jesus Cristo, o servo que procura de todo o coração fazer com amor a vontade de Deus, e servindo ao Senhor, serve também aos homens com alegria.

Na sua forma estável, os diáconos permanentes são convidados nas comunidades a serem sinal das virtudes evangélicas: a caridade verdadeira, a solicitude pelos doentes e pelos pobres, a autoridade modesta, a retidão perfeita e a docilidade à disciplina espiritual.

Na Igreja, são tarefas específicas dos diáconos:

  1. Administrar solenemente o sacramento do Baptismo;
  2. Conservar e distribuir a Eucaristia;
  3. Assistir e abençoar os Matrimónios em nome da Igreja;
  4. Levar o viático aos moribundos;
  5. Ler a Sagrada Escritura aos fiéis;
  6. Instruir e exortar o Povo de Deus;
  7. Presidir ao Culto e à oração dos fiéis;
  8. Administrar os Sacramentais;
  9. Presidir aos funerais;
  10. Dedicar-se aos serviços da caridade e da administração;
  11. Dirigir a celebração da Palavra de Deus;
  12. Guiar em nome do Pároco ou do Bispo as comunidades dispersas;
  13. Promover e sustentar as actividades apostólicas dos Leigos.

 

Com a ordenação destes 5 homens, a Diocese de Bragança-Miranda passa a contar com 11 Diáconos Permanentes, 10 casados e 1 celibatário.