Nota da Conferência Episcopal Portuguesa sobre atentado na Basílica Notre-Dame de Nice | Diocese Bragança-Miranda

Neste dia em que houve um atentado na Basílica Notre-Dame de Nice durante uma celebração eucarística, com a morte de pelo menos três pessoas, lamentamos e condenamos mais este ato bárbaro e violento que elimina vidas humanas e atinge a paz nessa região.

Manifestamos a nossa solidariedade para com a Diocese de Nice e a Conferência dos Bispos de França e rezamos pelas vítimas e seus familiares.

Partilhamos os sentimentos de emoção e de perdão expressos nas palavras de D. André Marceau, Bispo de Nice, em comunicado emitido esta manhã, com o qual estamos em plena sintonia:

 

«É com a maior emoção que acabo de tomar conhecimento do drama que atingiu esta manhã a comunidade cristã dos Alpes-Marítimos. E mais uma vez a cidade de Nice.

No momento em que escrevo estas linhas, parece que três pessoas foram vítimas de um ato terrorista abominável dentro e fora da Basílica de Notre Dame, alguns dias depois do assassinato selvagem do professor Samuel Paty.

Apenas algumas semanas após a passagem devastadora da tempestade Alex, é forte a minha emoção depois deste novo drama que enluta a nossa diocese.

A minha tristeza é infinita no modo como um humano diante de outros seres humanos pode fazer.

Neste momento, todas as igrejas de Nice estão fechadas até novo aviso e colocadas sob proteção policial.

Todas as minhas orações vão para as vítimas, os seus entes queridos, as forças de segurança na linha da frente desta tragédia, padres e fiéis feridos na sua fé e na sua esperança.

Que o espírito de perdão de Cristo prevaleça face a estes atos bárbaros».

 

Lisboa, 29 de outubro de 2020

Secretariado Geral da CEP