Admonição do P. Delfim Gomes, Vigário episcopal para o Clero, na Missa Crismal | Diocese Bragança-Miranda

Queremos agradecer também pelas seguintes datas jubilares:

 

JUBILEUS DE PROFISSÃO RELIGIOSA

  • 25 anos de consagração da Ir. Alda de Jesus de Sousa Miranda (Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias)
  • 50 anos de consagração da Irmã Josefa Alves (do Instituto Secular das Servas do Apostolado)

 

Um agradecimento à Aldeia Eucarística de Pereira, Unidade Senhora do Amparo, pela oferta do azeite para esta celebração.

 

2020

Caríssimos irmãos uma palavra de boas vindas a todos vós.

Neste dia em que celebramos os 475 anos da criação da diocese, reunimo-nos de novo para em conjunto celebrarmos o mistério da fé e agradecermos ao Senhor o Dom do ministério sacerdotal.

Neste nosso dia - Dia do Sacerdócio, aqui à volta do nosso Bispo, queremos celebrar e renovar os nossos votos sacerdotais. Olhemos ao longe, e vivamos o Hoje da Esperança, nesta especial dimensão de fraternidade pela comum participação no sacerdócio de Cristo.

Unção e missão constituem duas dimensões características e essenciais do Sacerdócio e da Eucaristia. Neste Ano Pastoral dedicado à Eucaristia, dom da caridade e mistério de vida eterna, a Missa crismal que celebramos é de modo muito especial um indicativo do dia da Eucaristia e do dia do nosso Sacerdócio.

A liturgia da Missa Crismal revela uma beleza espiritual própria com a consagração do Santo Crisma e com a bênção dos Óleos dos Catecúmenos e dos Enfermos e com a memória própria do sacerdócio ministerial. É um cântico à bondade do Senhor que perfuma a Igreja com a unção do Seu Espírito de Amor e faz dela a Igreja da caridade na diversidade de dons e serviços.

Cantarei eternamente a bondade do Senhor: é o canto de comovida gratidão pelo dom inestimável do sacerdócio ministerial, que elevamos a Cristo a quem nós padres queremos renovar o nosso propósito de fidelidade.

 

Podemos dizer também que é o canto de ação de graças entoado pelos sacerdotes que este ano celebram o jubileu de ordenação a quem nos unimos com a nossa oração e as nossas felicitações:

  • 75 anos de ordenação - Pe. Fernando António Rodrigues
  • 60 anos de ordenação - Cón. Octávio Luís Gonçalves; Pe. Octávio Augusto Sobrinho Alves; Cón. José Bernardo Machado Vicente; Cón. Francisco Patrocínio Silva;
  • 50 anos de ordenação - Cón. Valentim Bom; Cón. António Júlio Cruz;
  • 25 anos de ordenação - Pe. Paulo Jorge Medeiros de Freitas; Pe. Fernando Licínio Alves Fontoura; Pe. António Augusto Ferreira Pires;

 

Nesta celebração, expressão de louvor e ação de graças recordamos e incluímos os colegas que este ano já partiram para a casa eterna do Pai:

  • Pe. Manuel dos Santos Gonçalves Gomes
  • Cón. António Augusto Rodrigues Amado
  • Pe. António Augusto Moreno

 

Por fim, entregamos à vossa oração os nossos irmãos sacerdotes que estão doentes.

No dizer de S. João Paulo II: «Nós nascemos da Eucaristia, o sacerdócio ministerial: tem origem, vive, opera e frutifica “de Eucharistia”».