«Aprofundar a solidariedade para com os abandonados e os mais desfavorecidos, mudar a relação dos homens com a natureza» | Diocese Bragança-Miranda

Com a presente Newsletter (boletim de notícias) pretendem as e os membros da Comissão Diocesana Justiça e Paz da Diocese de Bragança-Miranda

  • saudar todos as pessoas cristãs católicas e todas as pessoas de boa vontade;
  • propor algumas reflexões sobre a situação financeira, económica, social e cultural das pessoas e famílias decorrente das desigualdades acumuladas na nossa sociedade e agravadas pela pandemia de Coronavírus;
  • renovar o apelo à solidariedade para com os mais desfavorecidos (os sem-abrigo, os desempregados de longa duração, os novos desempregados em consequência da pandemia de coronavírus, os idosos); e
  • apelar aos altos responsáveis, empresários, empreendedores e cientistas para a construção de processos de produção e de relações de mercado mais verdes e sustentáveis, e ainda mais amigos do ambiente a fim de defendermos a nossa «casa comum» de uma destruição precoce.

 

Nestas intenções, abordaremos de seguida alguns aspetos dos problemas da pobreza, do desemprego, da velhice e do ambiente cujos tópicos elencamos:

1. Porquê aprofundar e reforçar a solidariedade?

1.1. A pobreza

1.1.1. Quem é pobre? O limiar de pobreza

1.1.2. Quantos são os pobres e como está repartida a pobreza

1.2. A pandemia de SARS-Cov-2 ou Coronavírus 2 e o agravamento da pobreza

1.2.1. o Desemprego

1.2.2. O lay-off

1.3. A solidão e abandono dos sem-abrigo, dos beneficiários do RSI e dos idosos

2. Aproveitar a oportunidade: mudar a relação dos homens com a natureza

3. Nota final

Ficheiros: