D. José Cordeiro vai apresentar o novo livro do Pe. Telmo Ferraz | Diocese Bragança-Miranda

A ALFORRIA e a FRAUGA-Associação para o Desenvolvimento Integrado de Picote vão apresentar, no próximo dia 30 de julho de 2022, pelas 17:30, no Barrocal do Douro (Picote), o livro Rostos de uma Barragem, o álbum de Telmo Ferraz.

A obra, coordenada pelo Professor Henrique Manuel Pereira (Escola das Artes, UCP), reproduz um álbum de cerca de 200 fotografias, a preto e branco, na sua esmagadora maioria da autoria do Padre Telmo Ferraz e por ele legendadas. Retrata a realidade da barragem de Picote, a primeira do Douro Internacional, iniciada em 1954 e inaugurada em 1958, um marco da engenharia e arquitetura portuguesa da época e um contributo para a industrialização do país. Este empreendimento está atualmente classificado como conjunto de interesse público, um dos raros exemplares da Arquitetura Industrial Moderna Portuguesa.

Rostos de uma Barragem configura um importante documento social e histórico. O autor de O lodo e as estrelas, através da sua máquina fotográfica, retrata as “pessoas de carne e osso” que contribuíram para a edificação desta importante obra de engenharia e arquitetura. Como escreve Henrique Manuel Pereira:

“Rostos de uma Barragem, o Álbum de Telmo Ferraz é um rosto plural e, todavia, radicalmente singular. Um rosto que não consente nome porque em nenhum se diz. Um rosto que nos habita como um indistinto rumor, personagem secundária, mas essencial à longa viagem de uma identidade coletiva. Este livro é, pois, um álbum de família e um dedo que aponta!”

As imagens são acompanhadas por excertos de O lodo e as estrelas em versão bilingue (português/mirandês).

A apresentação da obra será feita por Sua Excelência Reverendíssima, Dom José Cordeiro, arcebispo de Braga, e pelo organizador da obra Henrique Manuel Pereira, contando também com a presença do Padre Telmo Ferraz.

A edição desta obra conta com o apoio da Movhera, empresa concessionária do aproveitamento hidroeléctrico de Picote, do Município de Miranda do Douro, e também com outras instituições locais como a Associação Família Kolping de Picote e a Junta de Freguesia de Picote.