Retiro mensal, em Balsamão, abordou a Igreja sinodal e a Jornada Mundial da Juventude | Diocese Bragança-Miranda

Como estava programado, realizou-se, em Balsamão, no domingo do dia 21 de agosto, o retiro mensal, subordinado ao tema: “A igreja sinodal e a JMJ Lisboa 2023”, em que participaram 10 pessoas, presencialmente, e um número indeterminado, via Facebook.

Os trabalhos iniciaram-se com a oração de Laudes, pelas 9:30h. Seguiu-se a exposição do tema, feita de modo sinodal, isto é, seguindo a modalidade proposta para os encontros do sínodo, para o qual todos fomos convocados: invocação ao Espírito Santo, escuta uns dos outros, reflexão e diálogo, com o objectivo de discernir que caminho seguir para a Igreja de hoje.

Quanto ao tema, retomamos, em síntese aquilo que foi a experiência do sínodo nas nossas dioceses e nos dias retiro mensal. A Igreja sinodal é a Igreja comunhão, em todos participam e que todos são enviados a anunciar o Evangelho. Salientamos que, para caminharmos juntos, é muito importante termos a capacidade de escutar os outros, para os compreender e não para lhes responder, e a coragem de falar com sinceridade sobre o que sentimos na nossa experiência de Igreja. De facto, experimentamos que este sínodo “se destina a inspirar as pessoas a sonhar com a Igreja que somos chamados a ser, a fazer florescer as esperanças das pessoas, a estimular a confiança, a vendar as feridas, a tecer relações novas e mais profundas, a aprender uns com os outros, a construir pontes, a iluminar mentes, a aquecer corações e a dar força de novo às nossas mãos para a nossa missão comum” (Vademecum do sínodo, 1.3)

Salientamos ainda a necessidade de que todos participem, seja dos que se sentem “dentro da igreja” seja dos que sentem “fora da Igreja”. “Se escutar é o método do Processo Sinodal e discernir é o objetivo, então a participação é o caminho” (Vademecum, 2.2).

Foi a partir daqui que falámos dos jovens e do grande acontecimento da Jornada Mundial de Juventude, que terá lugar no nosso país, no próximo ano. Nas sínteses sinodais das Dioceses, diz-se que há um déficit de participação e de escuta dos jovens. Na vida da Igreja, é necessário valorizar o “envolvimento de mais pessoas, especialmente os jovens”, refere a Diocese do Algarve.

A Diocese de Angra diz-nos que é preciso acompanhar e aproveitar a dinâmica das Jornadas Mundiais da Juventude para a “evangelização com os jovens”.

Falámos, então, do que é a Jornada Mundial da Juventude – um encontro de milhares de Jovens de todo o mundo com o Papa –, como um momento forte de evangelização do mundo juvenil, tendo os jovens como protagonistas, e, mais concretamente, sobre a Jornada Mundial da Juventude – Lisboa 2023: o tema – “Maria levantou-se e partiu apressadamente” (Lc 1, 39), o logótipo, o hino (que ouvimos) e a oração oficial (que rezamos). A Jornada Mundial da Juventude tem dois símbolos emblemáticos, que têm andado em peregrinação pelas Dioceses de Portugal e que neste mês peregrinam pela nossa Diocese, anunciando a realização da Jornada do próximo ano: A Cruz Peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani.

Finalmente, vimos quando e onde se realiza a Jornada Mundial da Juventude – Lisboa 2023: a preparação terá lugar, de 26 a 31 de julho de 2023, nas 17 dioceses de Portugal continental e ilhas, e a Jornada propriamente dita, de 1 a 6 de agosto de 2023, em Lisboa, com a presença do Papa Francisco, funcionando as dioceses de Lisboa, Santarém e Setúbal como dioceses de acolhimento.

Importa, agora, anunciamos a todos os jovens, com alegria e entusiasmo, esta Jornada Mundial da Juventude, convidando-os a participar, e todos os portugueses para que possamos acolher (em casa de famílias, nas instalações paroquiais e públicas) os jovens de todo o mundo nas nossas Dioceses, na preparação da mesma.

A Jornada Mundial da Juventude e um tempo de graça, uma oportunidade para a Igreja em Portugal e para todo o país.

O retiro teve a Eucaristia dominical ao meio-dia, na qual se realizaram 4 baptismos e uma primeira comunhão, e terminou com a adoração do Santíssimo e a Oração da Tarde pelas 17h. Comprometemos a anunciar a todos a Jornada Mundial da Juventude – Lisboa 2023.  

Texto: Pe. Basileu Pires, MIC

Fotografia: BLR/SDCS